terça-feira, 27 de outubro de 2009

Pensou em fama? Clic! A internet faz!

Nunca numa loja perto de você: boneca de voodoo...
digo... a boneca da Stefhany "Cross Fox"... é feia, mas
diz que é "Absoluta" em 3 línguas diferentes:
português, brasileiro e "absolutêz" e vem com um
"Cross Fox" de "plástico absoluto"!

Fama. Esse é o objetivo de vida para muitas pessoas, que não medem esforços para ganhar um espacinho nos corações do grande público. Para isso, vale tudo, desde arriscar a reputação em algum reality show até "ter uma ideia na cabeça e uma câmera na mão" e colocar um vídeo na internet, fazendo alguma coisa, digamos, estranha ou bizarra ou, como diria o Chaves, "as duas coisas, professor Linguiça"!

Ultimamente, não se fala em outra pessoa que não seja a menina do "Cross Fox", a piauiense Stefhany (que, diga-se de passagem, tem um nome artístico muito complicado de escrever sem a ajuda do Ctrl+C, Ctrl+V). O vídeo que ela gravou de uma música supostamente composta pela mãe dela, a dona "Nety" (que poderia abrir uma empresa de internet rápida... o trocadilho é por minha conta), alcançou um enorme sucesso na internet, o que fez com que a garota despontasse para o mundo da fama, indo a vários programas de TV, de rádio e por aí vai.

A nova vontade de Stefhany, depois de recusar um convite para "A Fazenda 2", é emplacar uma música sua numa novela da Globo. A menina, diga-se de passagem, está a um passo de conseguir isso, já que ela pôde ser vista recentemente gravando uma participação "especialíssima" para o programa "A Turma do Didi"... é, tô exagerando... ainda falta muito para ela emplacar alguma coisa na Globo, mas, se aquela banda "Djavú" conseguiu emplacar uma música em "Bela, a Feia", da Record, e virar um "sucesso" em todo o Brasil, nada impede que a menina, ganhadora de um "Cross Fox" pelas mãos de Luciano Huck, consiga o mesmo. E pensar que isso tudo começou com um simples vídeo no Youtube...

Mas Stefhany não é um caso isolado. Todos os dias aparece na internet algum vídeo de algum novo "candidato à fama instantânea", que busca ganhar seu espaço ao Sol e uma oportunidade de mostrar o que sabe (ou não) fazer. Nada contra esses corajosos, mas, você já parou pra pensar que a qualidade desses "novos famosos" está cada vez mais duvidosa?

Cada vez mais gente "tosca" está aparecendo e ficando famosa. Não existe mais aquela preocupação com a qualidade que se via há alguns anos. Parece que quanto mais bizarro, mais fácil é ficar famoso. Basta reparar na "Cross Fox Girl". A menina tem uma qualidade vocal "diferente" (eu ia dizer que ela canta mal mesmo, mas aí os fãs dela iriam me engolir vivo) e seus vídeos tem aquela cara de que foram feitos no quintal da casa da tia que mora longe da capital. Como eu disse antes, não há nada errado em ser "caseiro", mas daí a fazer sucesso "por pouca coisa" é demais!

A parte boa dessa história toda é que qualquer um pode ficar famoso. E quando eu digo "qualquer um", é qualquer um MESMO! Desde aquele "Zé mané" que senta no fundo da sala de aula, até aquele que realmente tem talento. Melhor dizendo, todo mundo está em pé de igualdade na hora de tentar ficar famoso, mais ou menos o que está acontecendo com nós, jornalistas, que tivemos a obrigatoriedade do diploma "deletada" de nossas vidas.

Isso é bom, não?! É, mais ou menos. Pense comigo: geralmente se faz um estardalhaço em cima do tosco que fica famoso. Esse "barulho" é tão grande que encobre aqueles que realmente tem talento. Eu não estou dizendo que os verdadeiros talentosos não vão ficar famosos. O que realmente acontece é que a fama deles chega mais tarde do que deveria, por conta da tosquice que aparece antes, entendeu? Ou a ideia do que é legal ou não está totalmente invertida ou as pessoas cansaram de dar valor para o que realmente seria interessante.

Ainda bem que esses famosos "tipo B" não duram muito tempo. Sua fama é do tipo expressa: acaba tão rápido quanto começou. Numa época em que o talento está tão fora de moda (por conta das celebridades fabricadas), é um alento saber que aqueles que realmente merecem os holofotes uma hora ou outra acabam aparecendo!

Agora... quanto tempo Stefhany "Cross Fox" vai durar? Façam suas apostas! Quem sabe se furarem os pneus do carro dela... hum...

10 comentários:

Diego Reigoto disse...

Enquanto lia seu texto pensava exatamente no que você colocou no final. Essas pessoas que fazem sucesso do nada estão muito mais propensas a sumirem com a mesma velocidade que apareceram. Acho que os 15 minutos de fama estão ficando cada vez mais curtos.

Mas o bom dessa enxurrada de anônimos é que a gente tem mais coisas divertidas para ver enquanto navega. E rir é sempre uma coisa boa...

Eduardo Leite disse...

Stefhany? Ainda existe? kkkkkkkkkkkkkkkk Nunca mais tinha ouvido falar nela, sério. Quem realmente tem talento, quando faz sucesso, não é esquecido assim tão rápido ;) E o trocadilho com a D. Net foi ótimo kkkkkkkkkkkkk

Neves disse...

Não sei quem postou essa porcaria de comentário, mas tenho certeza que Stefhany está faturando muuuuito mais que esse digitador de asneiras.
Vai procurar uma coçação de saco e deixa a menina em paz, mané.

dEREK disse...

Opa, calma aê, pessoal!
O "dgp" preza pela liberdade de expressão (menos naquele post sobre o Michael Jackson... ali eu mandei a democracia pro espaço!), então, mesmo que não concorde, não precisa sair atacando, right?!?!?!?!
Mas concordo com todos vocês: essa enxurrada de anônimos "sem-noção" é muito divertida... rir é sempre bom! Realmente, ela anda ganhando uma grana preta com suas músicas (e a música "Blush Blush", que quase entrou nesse post, não é dela!! Que cosia, não?!).
E... o trocadilho com o nome da D. Nety foi parecido com o que o João Gordo fez com o nome do Marcelo Adnet (nem precisao dizer qual trocadilho foi feito, né?!)... esses trocadilhos são sempre engraçados! =D
Abraços e obrigado por ler o "dgp"!!

Ludmila disse...

Quem não é muito a favor da liberdade de expressão é a Neves... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mas eu compartilho da opinião do 'digitador de asneiras', porque pra mim, qualquer "coçação de saco" é melhor que a Stefhany... Quem disse que faturar e merecer andam juntos?

>D

dEREK disse...

=D
#concordo

dEREK disse...

Eu sei que jornalista tem que ser imparcial, mas... tem casos em que isso fica difícil!

Ludmila disse...

Quer um xeque-mate? Assiste no youtube a Stefhany no Esquadrão da Moda. Nem preciso falar nada.

Elayne Pontual disse...

Aaah "DIGITADOR DE ASNEIRAS" (kkkkkkkkkkkkkkkkk), vc foi muito feliz no seu post sobre a "Cross Fox Girl" (amei isso *.*). O/A Neves deve ser mais um(a) dequeles(as) fãs enlouquecidos(as) - vc já deve ter assistido o vídeo Leave Britney Alone (http://www.youtube.com/watch?v=kHmvkRoEowc); pois bem, esse(a) Neves deve estar nos padrões. =x

dEREK disse...

"Leave Sthéfany Alone!!!"
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
(agora eu torço para que o/a Neves não leia essas coisas...)